LOJÃO OBA OBA

LOJÃO OBA OBA

TRADUTOR

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

HOMEM DE 62 ANOS É PRESO APÓS PRATICAR ATO SEXUAL COM ÉGUA


Um homem de 62 anos, morador da zona rural de Moreira Sales (a 74 quilômetros de Cianorte), é acusado de zoofilia. Ele foi flagrado nu, mantendo relações sexuais com uma égua na propriedade de um vizinho, no distrito de Paraná do Oeste.O funcionário da propriedade rural desconfiou que a égua estivesse sendo abusada e passou a investigar o caso, monitorando o local onde a fêmea fica. Ele conseguiu flagrar o crime, mas o acusado saiu correndo ao notar que havia sido descoberto.O trabalhador contou ao patrão o que havia acontecido e o proprietário foi até o vizinho, que prometeu não repetir a zoofilia, em uma conversa inclusive com a participação de sua esposa.Porém, na noite de segunda-feira (21), o homem foi flagrado novamente com a égua, por isso, o dono do animal levou o vizinho até a delegacia de Goioerê, onde fez a denúncia. O homem de 62 anos prometeu novamente parar com os abusos e vai responder por maus-tratos a animais.

Ft: Massa News

ADOLESCENTE ACUSADO DE MATAR LADRÃO SE ENTREGOU NA DELEGACIA


O adolescente se entregou na delegacia na tarde dessa quarta feira (23) Em maringá. O adolescente que teria ajudado a matar o suspeito de roubar cargas Cicero da Luz Rezende, 52, em agosto passado, se entregou na Delegacia de Homicídios de Maringá, na tarde desta quarta-feira (23). Ele começa a cumprir a pena restritiva de liberdade, de 45 dias, imposta pela Vara da Infância e Juventude.Segundo informações O rapaz de 16 anos, que em 2014 teria matado por acidente o próprio primo de 10 anos com tiro no rosto, teria confirmado que matou Rezende com a ajuda de outro adolescente, de 17 anos.Ainda de acordo com o garoto, o crime teria sido encomendado por R$7 mil, mas assegurou o que contratante nunca pagou o valor prometido. Outro adolescente e o mandante estão com apreensão e prisão decretadas, mas estão foragidos.

APÓS BRIGA MULHER TACA FOGO NO CARRO DO IRMÃO



Uma mulher de 33 anos foi presa na noite de quarta-feira (23) após atear fogo em um veículo no meio da Rua São Salvador, no Núcleo Habitacional Tancredo Neves, em Apucarana. Ela incendiou o carro do próprio irmão durante uma discussão familiar.
O homem relatou que o carro era de propriedade de ambos, no entanto ele estaria em processo de compra e pagando das parcelas de sua irmã. De acordo com ele, na ocasião do incidente, ela teria pedido o veículo emprestado, o que foi negado, pelo fato dela ser usuária de drogas.
Revoltada, ela colocou fogo no veículo que ficou em chamas, sendo necessário apoio do Corpo de Bombeiros que deslocou uma viatura para atender a ocorrência. A Polícia Militar (PM) também foi acionada e deu voz de prisão à mulher, que foi encaminhada à 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana.