LOJÃO OBA OBA

LOJÃO OBA OBA

TRADUTOR

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

POLICIA CIVIL PRENDE QUADRILHA ACUSADA DE MOVIMENTAR MAIS DE 60 MILHÕES DE REAIS EM MERCADORIA FALSIFICADA





A Polícia Civil do Paraná desarticulou uma quadrilha que teria movimentado mais de R$ 60 milhões com a venda de peças automotivas falsificadas. Sete pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (5) durante a operação “Marca Registrada” deflagrada pelo Nurce (Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos” nas cidades de Maringá, Ivaiporã e Sarandi.

A investigação iniciou há cinco meses após denúncia da Associação Brasileira de Combate a Falsificação – ABCF que apontou que as empresas Comercial RBS Automotiva e SBM Automotiva seriam responsáveis pela venda ilegal de diversas peças automotivas falsificadas das marcas MAHLE e outras para todo o país. “Esta é a segunda maior operação de combate à falsificação de autopeças do Brasil neste ano, ficando atrás somente de uma ação da Polícia Federal no interior de São Paulo”, disse o diretor de comunicação da ABCF, Rodolpho Ramazzini.

De acordo com o delegado chefe do Nurce, Renato Basto Figueroa, a quadrilha trazia peças da China em contêineres e revendia para empresas de todo o país. “Durante as investigações foi apurado que a organização criminosa importou R$ 1 milhão em peças da China. Estas peças vieram em contêineres e desembarcaram no Porto de Sepetiba, no Rio de Janeiro, sendo posteriormente trazidos até um barracão na cidade Maringá”, explicou o delegado.


As sete pessoas presas responderão pelos crimes de associação Criminosa, falsidade ideológica, fraude no comércio, lavagem de dinheiro, além de crimes contra a relação de consumo. Os detidos são: Mauro Januário, Valdirene Marini Januário (esposa), Wesley Weder de oliveira (sobrinho e sócio da empresa), Ney José Pereira dos Santos (vendedor), Antonio de Oliveira (pai de Wesley e vendedor), Cléia Vieira Marini (cunhada de Mauro) e Alexsandra Marislaine de Oliveira (irmã de Wesley).As informações são da secretaria de segurança pública do Paraná.
Fontes: Oseias miranda 
FOTOS: HORA DO MACHADO




AGENTES IMPEDEM NOVA FUGA NA PEM E POLICIA RECAPTURA PRESOS QUE HAVIAM FUGIDO


Agentes penitenciários evitaram uma nova fuga de presos na noite dessa quarta-feira na Penitenciária Estadual de Maringá. Os detentos já haviam feito um buraco na parede, mas os agentes agiram rapidamente e evitaram a fuga dos meliantes.  Segundo informações a  polícia teve que ser acionada por conta de um princípio de tumulto. Na última segunda-feira  (02), 5 presos conseguiram escapar depois de abrirem um buraco na laje e escalarem o telhado.
Dois dos 5 foragidos foram recapturados em Terra Boa. José Luiz Pereira da Silva, 41 anos, vulgo “Ivaina”, condenado por homicídio qualificado em 2008 e Juarez Conrado dos Santos, 26 anos, Vulgo “Jura”, condenado por roubo e lesão corporal foram recapturados por equipes das polícias Civil e Militar em Terra Boa. Segundo informações, os presos teriam caminhado de Maringá até Terra Boa a pé.

Outro fugitivo da PEM foi preso em Cianorte. José Antônio de Sá de 32 anos foi preso na madrugada dessa quinta-feira por policiais de Cianorte. Ele apresentou CNH falsa, estava com duas armas de fogo e uma caminhonete roubada. Durante a abordagem o foragido chegou a trocar tiros com a polícia. Um outro comparsa que estaria com ele conseguiu fugir. A polícia está realizando buscas na tentativa de localizar os outros que continuam foragidos, Qualquer informação informe a polícia no 190.
Fontes e fotos: Oseias Miranda 


ADOLESCENTE LEVA 6 TIROS EM COLEGIO


Dois bandidos encapuzados invadiram O Colégio Parigot de Souza, na Rua Nicola Pansardi, no centro da cidade de Jataizinho durante a noite desta quarta feira (04).
Os rapazes dispararam seis tiros contra um adolescente de 17 anos, acertando quatro tiros no abdômen da vitima. Socorristas do Samu de Ibiporã e o médico de Londrina atenderam e estabilizaram o rapaz, que foi encaminhado em estado grave ao Hospital Universitário de Londrina.
A Polícia tenta identificar os autores do crime.
Fontes e fotos: CGN

MULHER É MORTA APÓS DESCOBRIR RELAÇÃO HOMO-AFETIVA ENVOLVENDO NAMORADO E SEU PATRÃO


O motivo do assassinato da universitária Larissa Gonçalves de Souza, de 21 anos, em Extrema, no Sul de Minas, foi a revelação de um relacionamento homo afetivo do namorado, informou a Polícia Civil na tarde desta quarta-feira. De acordo com os primeiros depoimentos colhidos pelo delegado Valdemar Lídio Gomes Pinto, que preside o inquérito, uma relação homo afetiva que o namorado de Larissa mantinha com o patrão teria motivado o assassinato da estudante. Ela havia lido uma mensagem trocada entre os dois via telefone celular e, desde então, vinha questionando o namorado sobre o episódio e exigindo mais atenção da parte dele. Moradores revoltados com a morte da estudante chegaram a destruir a loja do comerciante suspeito do crime.
Mandante do Crime