LOJÃO OBA OBA

LOJÃO OBA OBA

TRADUTOR

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

HOMEM QUE VENDIA RÉPLICAS DE CELULARES EM SARANDI SE DEU MAL ...

HOMEM VAI VENDER REPLICA DE CELULAR PARA POLICIAL E SE DA  MAL VEJA ...



Na manhã dessa quarta feira (04) um rapaz foi apreendido por um policial a paisana, segundo informações esse homem que esta na foto a baixo com uma camisa rosa teria oferecido um celular que custa 1.500,00 R$  por apenas 150,00 R$  , teria tentado vender o aparelho para uma pessoa que informou ao policial que tem noção  sobre valores desse aparelhos pensou ,  " tem coisa ai "    e  imediatamente abordou o mesmo e deu voz de prisão para o cabra e o mesmo relatou para o repórter Ailton Machado que ele comprava as réplicas em São Paulo  e revendia aqui na Região ,  disse ainda que " se tem alguém que está errado nesse caso é a distribuidora do Estado vizinho que tem permissão  para comercializar os aparelhos celulares " . Bom de certa forma talvez o Jovem tenha razão , mais mesmo assim esta com uma grande dor de cabeça agora ,  sem nota ou documentos até explicar que focinho de porco não é tomada , vai amargar uma "CANA DURA" .
A policia militar foi acionada e o mesmo foi encaminhado para a DP de Sarandi .









EQUIPE DO 4 BATALHÃO DE MARINGÁ FAZ TREINAMENTO DE COMO MANUSEAR E FAZER MANUTENÇÃO EM ARMAS DE GROSSO CALIBRE ...


A equipe do 4 batalhão de Maringá esta fazendo treinamento no dia  de hoje, de como manusear e fazer manutenção em armas de grosso calibre e ainda armas de cano longo. O treinamento tem por objetivo trazer maior proteção aos cidadãos de bem e combater a criminalidade em Maringá e Região. Fica aqui nossos parabéns por esse treinamento onde busca o aprimoramento de nossos policiais que estão no dia à dia nas ruas protegendo os cidadãos de nossas cidades !!!





CASA DE MADEIRA PEGA FOGO EM MARINGÁ





Casa de madeira Pega fogo em Maringá. Segundo informações o fato aconteceu na Rua Caracas na Vila Morangueira. Os bombeiros foram acionados e se deslocaram ao local. Ao chegarem às chamas já haviam tomado conta, o fogo foi controlado pelos Bombeiros não deixando nenhuma vitima ferida apenas percas Materiais. Ainda não se sabe a causa do incêndio.

fontes: Tuia




ROCAM PRENDE MULHER COM MAIS DE 176 PEDRAS DE CRACK EM MARINGÁ



Equipe ROCAM prende mulher em cumprimento a Mandado de prisão por trafico de Drogas. Segundo informações o mandado foi feito contra a mulher identificada como Jennifer. Os policiais Então se deslocaram ate a casa da mesma e lá encontraram 177 pedras de crack, maconha, balança de precisão e R$878,75 Reais. Diante dos fatos, Jennifer e seu irmão Leandro foram encaminhados para 9 SDP por tráfico de drogas. Fica aqui nossos parabéns pelo bom trabalho realizado pela equipe ROCAM de Maringá.

fontes e foto: Tuia 

imagem google


VEJA TUDO SOBRE A REBELIÃO NA PENITENCIARIA ESTADUAL DE LONDRINA !!!!!


Presos da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL II) se rebelaram quando agentes penitenciários conduziam um dos detentos, que havia passado por atendimento médico, para dentro das celas. Dois presos que pularam das galerias durante a rebelião ficaram feridos e foram encaminhados ao hospital. Nenhum agente foi feito refém.
O local estratégico fica no centro da PEL II, entre as 30 galerias com capacidade para abrigar 960 presos. No momento da rebelião havia 1.140 detentos na penitenciária.
Após serem ameaçados, funcionários da unidade, agentes e servidores do setor administrativo correram para o lado de fora, de onde acompanharam toda a movimentação. Aproximadamente 30 agentes trabalhavam na PEL II no momento em que começou o motim. Nenhum deles foi feito refém. Segundo informações da Polícia Militar (PM), apenas detentos permaneceram na unidade.
Em menos de 15 minutos, os presos abriram o restante das celas, invadiram as demais galerias e subiram para o telhado da penitenciária. Em direção à rua, eles lançaram objetos, pedaços de madeira, quebraram telhas, janelas e atearam fogo nos fundos e na entrada da PEL II. Os detentos escreveram "PCC" em um lençol branco e exibiram a sigla do Primeiro Comando da Capital. Eles passaram a ameaçar reféns, que eram levados para o telhado da unidade.
Policiais do Pelotão de Choque e do Grupamento Aeropolicial (Graer) cercaram a penitenciária. A área permaneceu isolada apenas para a circulação dos policiais e dos envolvidos na negociação. Familiares acompanharam a movimentação a distância, mas a todo instante entravam em contato com os presos por meio de celulares. Os detentos reclamam da opressão por parte de alguns agentes, da falta de assistência dentro da unidade e de refeições estragadas que estariam sendo servidas pelos funcionários.
Durante a tarde quatro presos permaneceram amarrados próximo do beiral da galeria frontal da PEL II. Eles foram agredidos inclusive com máquinas de choque a todo o momento eram vítimas de ameaças por parte dos presos de facções rivais. Alguns deles chegaram a ficar pendurados em cima do prédio. Dois presos pularam de cima das galerias e ficaram feridos. Eles foram encaminhados a hospitais locais pelo Siate.

Além de destruir as celas, vidraças e o telhado, os detentos incendiaram o setor administrativo da unidade. As chamas se alastraram rapidamente e provocaram uma grande fumaça preta. Outros focos menores também foram registrados. O porta-voz da PM, Ricardo Eguedis, contou que as negociações foram iniciadas e que os presos fizeram exigências por melhores condições na unidade. 
fontes fotos: Folha web/ folha de londrina



HOMEM É PRESO EM MARINGÁ APÓS SE PASSAR POR AUDITOR DA RECEITA ESTADUAL

Divulgação/ Policia Militar

Homem é preso após se passar por Auditor da Receita Estadual. Segundo informações o espertinho teria chegado a um posto em Maringá e se identificado para dois caminhoneiros como Auditor fiscal da Receita. O homem então disse que teria que avaliar a carga e a documentação do veiculo dos mesmos Os motoristas suspeitaram da ação do homem que não foi identificado e ligaram para Policia. Os Policiais então se deslocaram até o local e em abordagem ao sujeito descobriram que o mesmo estava mentindo sobre sua profissão e que usava uma identidade falsa. O homem foi levado a delegacia por falsidade ideológica